PROFESSORAS DA REDE MUNICIPAL, EM OSASCO INCENTIVAM CRIANÇAS DO MATERNAL II C, DA ESCOLA CEMEI HELENA COUTINHO A VIVENCIAREM A EXPERIÊNCIAS NOS ESPAÇOS EXTERNOS DA ESCOLA, POR MEIO DO PROJETO “HORTA NA ESCOLA”.

O “Projeto Horta” da escola CEMEI Helena Coutinho tem como idealizadoras as professoras Francinete Pinheiro de Deus e Maria Angelina Berni Fidelcino e a participação da turminha Maternal II C, com o objetivo de que se possa explorar e vivenciar todos os espaços externos da escola.

Por: Marcela Faria / Escola na Minha Casa

Algumas imagens do desenvolvimento do projeto

Com a iniciativa de cultivar este espaço para plantações no ambiente escolar, foi favorecido às crianças a possibilidade de prestar atenção na natureza num todo, com suas diferentes formas, cores, cheiros e os mais variados sabores.

Quando se tem a oportunidade de praticar o plantio com as crianças, automaticamente, o termo ‘alimentação saudável’ se entra em pauta das aulas e assim, as crianças passam a conhecer melhor verduras e legumes para que, posteriormente, possa se provar todas elas, ou pelo ao menos parte delas.

O processo do cavar, plantar, regar, podar, colher, ajudam a aprimorar a coordenação motora fina, habilidade esta fundamental para domínio da escrita, servindo também de conteúdo para serem abordados de modo multidisciplinar, em matemática, ciências, geografia e, através do cuidado com os vegetais, tubérculos, verduras e plantas; sem falar da grande diversão por parte da turminha.

Estimuladas desta forma, as crianças passam a experimentar e valorizar os alimentos que do processo de plantio e, a partir disto, sugerir receitas em casa, afim de inserir esses alimentos no seu cotidiano. Trabalhando com a horta são esperados resultados de alunos mais conscientes, que valorizem a natureza, que estarão semeando esses conhecimentos às suas famílias e que irão levar para a vida ensinamentos ecologicamente corretos.

      “O meu olhar para as experiências que as crianças desenvolveram foi de muita interação e aprendizagens significativas, ao descobrirem na "prática" que o lixo descartado de maneira incorreta pode contaminar a água dos rios, o meio ambiente em geral e assim deixar de existir vida.” – diz Francinete.

      “No geral as experiências que as crianças desenvolveram foram muito importantes, pois conviveram, exploraram, brincaram, conheceram, participaram, expressaram ideias e sentimentos, garantindo assim os direitos de aprendizagens estabelecidos pela BNCC”, acrescenta a professora.

© 2023 por Planneta Educação